Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2013

ATENÇÃO MINISTÉRIO PUBLICO FEDERAL ESTOU SENDO AMEAÇADO DE MORTE

Novamente me sinto obrigado a desabafar aqui novamente, desde o ano passado registrei ocorrências nas Delegacias aqui de Porto Alegre reponsáveis pelos crimes de internet e não fui atendido e muito menos intimado a prestar novos esclarecimentos sobre o crime de estelionato no qual eu fui vítima de uma quadrilha especializada e que tem ligações com Policiais, eu tinha mais de 150 mil solcitações de anuncios mensalmente nesta página e os pagamentos que eram emitidos pelo google adsense foram desviados para as contas de estelionatários, há algumas semanas atras fiz uma nova ocorrência no DEIC de Porto Alegre e eles a enviaram para a 13 Delegacia que fica perto de minha residência e os reponsáveis enviaram a minha ocorrência onde estavam anexadas as planilhas do google adsense e as provas do estelionato para a Policia Federal aos cuidados da Delegada Diana, estive hoje a tarde na Delegacia da Policia Federal obter informações de como andavam as investigações e eles me mandaram de

OS BARÕES DA MÍDIA GOLPISTA E SUA NOVA DERROTA NO BRASIL

"O impressionante documentário produzido pelos irlandeses Kim Bartley e Donnacha O'Briain sobre o golpe contra o presidente Hugo Chávez, em abril de 2002, põe a nu toda e qualquer defesa que se possa pretender fazer dos meios de comunicação de massa em qualquer lugar do hemisfério ocidental. O padrão global, aqui no Brasil, na Venezuela, nos Estados Unidos,na Argentina, na Itália, onde quer que seja, é pura farsa e se insere no contexto do embate entre os que defendem o mundo "globalitarizado" sob o domínio militar dos EUA e da OTAN O documentário foi exibido no Brasil pela TV Câmara, TV Escola e TV Senado, lógico quando a Globo iria mostrar um trabalho assim? Nunca. Cada vez mais fica evidente que a série de reportagens que Miriam Leitão fez na Venezuela, na semana que antecedeu ao golpe, foram preparação da opinião pública, tentando mostrar um governo desacreditado. O silêncio das redes privadas de televisão. Como a Globo à época das diretas, falan