Pular para o conteúdo principal

Postagens

O PROJETO JANUS

Postagens recentes

O Diálogo de Sócrates e Glauco

  Alguém algum dia disse que o mito e o conto popular são o eco mais antigo do pensamento humano e o mito da caverna de Platão é na minha opinião é o maior de todos os mitos ou quem sabe o maior eco do pensamento humano. O diálogo é entre Sócrates e Glauco, escrito por Platão… Sócrates – Agora imagina a maneira como segue o estado da nossa natureza relativamente à instrução e à ignorância. Imagina homens numa morada subterrânea, em forma de caverna, com uma entrada aberta à luz; esses homens estão aí desde a infância, de pernas e pescoço acorrentados, de modo que não podem mexer-se nem ver senão o que está diante deles, pois as correntes os impedem de voltar a cabeça; a luz chega-lhes de uma fogueira acesa numa colina que se ergue por detrás deles; entre o fogo e os prisioneiros passa uma estrada ascendente. Imagina que ao longo dessa estrada está construído um pequeno muro, semelhante às divisórias que os apresentadores de títeres armam diante de si e por cima das quais exibem as suas

A Deusa Aurora ou Ushas é o Campo Magnético o Cinturão de Van Allem

  A Barreira fica no Cinturão de Van Allen, camada ao redor da Terra. Cientistas identificaram uma barreira quase impenetrável ao redor da Terra que impede que elétrons ultra-energéticos atinjam o PLANETA. Foi no início do ano de 1958 que duas sondas americanas foram lançadas ao espaço interplanetário, tendo à bordo experimentos de raios cósmicos, elaborados por James Van Allen e seus estudantes de graduação. Como as antiga civilização védica já sabia da existência do campo magnético que permite que exista vida em nosso planeta mais de cinco mil anos antes dele ser descoberto por Van Allen? Outro deus védico, Prajapati, também é descrito como o criador universal. Ele sobreviveu até o período hindu, quando se fundiu com Brahma. Em algumas narrativas, ele criou os primeiros deuses por meio de meditação e jejum. Uma de suas primeiras criações foi sua filha Ushas, a aurora. Mas ele a cobiçou, o que a deixou tão aterrorizada que ela preferiu transformar-se em uma corça. Ele simplesmente con

O Princípio de Tudo

Não havia ser, ou não ser, ou éter, ou essa tenda do céu, nada a envolver, nada envolvido... mas aquele, esse respirava só, só com ela, cuja vida ele acalenta no seu seio. Além dele, nada existia que depois tenha existido. O desejo formado pela inteligência desse tornou-se semente original; a semente tornou-se progressivamente providência, ou almas sensíveis e matéria ou elementos. Trata-se, por conseguinte, de um Universo não criado e criado ao mesmo tempo, impensável, desconhecido, que se organizou, fiz Rig Veda, pelo poder da contemplação. Explicando melhor: a criação e o principio Ele-Ela não podem ser aprendidos e jamais o serão. Lei.  Outro deus védico, Prajapati, também é descrito como o criador universal. Ele sobreviveu até o período hindu, quando se fundiu com Brahma. Em algumas narrativas, ele criou os primeiros deuses por meio de meditação e jejum. Uma de suas primeiras criações foi sua filha Ushas, a aurora. Mas ele a cobiçou, o que a deixou tão aterrorizada que ela preferi

Como os sábios da Índia Antiga conheciam a teoria do Big Bang

No oceano primordial flutuava um ovo de ouro. Esse ovo havia boiado por 1.576.800.000.000 anos mortais na imensidão do agitado mar do caos. Sozinho dentro do ovo de ouro estava Parusha, já farto de sua solidão. Quando o fogo aqueceu as águas escuras e o oceano encapelou-se, o ovo se partiu. Parusha era o universo manifestado e ele surgiu do ovo com mil cabeças, mil mãos e mil olhos. Como se sentia só dividiu-se em dois. Um quarto dele produziu a Terra e Viraj (poder universal feminino); o restante formou os deuses e o universo. Parusha, então, desmembrou suas partes remanescentes para completar a criação. Sua boca transformou-se em Brâman, o poder do universo; seus olhos tornaram-se o Sol; sua mente virou a Lua. Nada foi desperdiçado: ele se tornou tudo e é tudo. Se ele mudar de ideia e juntar-se todo novamente, o universo acabará.

Quem manda no mundo?

 O sábio suiço Jean-Jacques Babel verificou que desde os últimos 56 séculos, a humanidade organizou 14.500 guerras, que provocaram três bilhões e meio de mortes.  Isso representa a metade da população mundial de hoje.  Somente no ano de 1991, por exemplo, registramos 52 guerras ou focos de crise em nossa terra. Isso significa que após numerosos conflitos neste planeta, dentre os quais duas guerras mundiais em um século, esse ano viu opor-se reciprocamente 104 ideologias, cujas solicitações eram Muito importantes para justificar novamente o massacre de muitos milhões de seres humanos. Qual finalidade impele, pois, a guerra entre os homens? motivo da guerra é, já há séculos, o quebra-cabeça das organizações de paz, mas também dos filósofos.  Eles chegaram à conclusão de que quase todas as criaturas da Terra se afrontam regularmente por falta de alimento e de território.  Não podemos atribuir ao ser humano a agressividade dos animais entre si, pois ele possui, além disso, uma inteligência

Mísseis nucleares na América Latina

 Boa noite leitores o melhor espião é aquele que não sabe ou não se lembra que é um espião e uma criança de 8 anos conseguiria até enganar os nazistas graças a Deus deu tudo certo. É quase inacreditável para muita gente mas Hitler é dezenas de submarinos fugiram para Espanha com ajuda do General Franco e posteriormente para a América Latina onde tem estações nazistas até hoje com apoio da Krupp, Wolkswagen, Ig Farbem e outras multinacionais alemãs esta gente é fiel até a morte tem um juramento para uma sociedade secreta e pretendiam usar as usinas hidroelétricas na Argentina, Uruguai, Brasil para produzir água pesada e como já estavam infiltrados na maçonaria, igreja católica e tinham aliados nas forças armadas do Brasil, Uruguai, Chile, Argentina, Colômbia pretendiam usar as instalações militares para disparar um míssil nuclear contra os EUA isto não é brincadeira é uma estação de multinacionais, instalações militares, usinas hidroelétricas, mineração de uranio e construções de míssei