Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2010

NOVOS ARQUIVOS SECRETOS DOS EUA "WIKILEAKS"

Os jornais “Guardian”, da Inglaterra, “New York Times”, dos Estados Unidos, “Der Spiegel”, da Alemanha, “Le Monde”, da França, e “El País”, da Espanha, começaram no domingo a publicar alguns dos 251.287 despachos produzidos entre dezembro de 1966 a 28 de fevereiro deste ano pela diplomacia dos EUA em vários países, e vazados agora pelo WikiLeaks (www.wikileaks.org). Foram vazadas cerca de 285 milhões de palavras sobre intriga diplomática que, se fossem impressas, preencheriam mais de 3 mil livros. Segundo ele, “os documentos mostram infiltrações políticas dos Estados Unidos em quase todos os países, mesmo naqueles considerados ‘neutros’, como a Suécia e a Suíça. As embaixadas observam de perto a mídia local, o serviço de inteligência, a indústria de armas e de petróleo e fazem forte lobby para todo tipo de empresas americanas”. O “Guardian” publicou manchete na sua edição de domingo: “Vazamento de despachos dos EUA detona crise diplomática global”. Entre eles, o que revela instruçõ

O AVÔ DE BUSH AJUDOU NA ASCENSÃO DE HITLER

Rumores de uma ligação entre a família e os EUA primeira máquina de guerra nazista circularam por décadas.   Agora, o Guardian pode revelar como as repercussões de acontecimentos que culminou com a ação sob o Trading with the Enemy ainda estão sendo sentidas pelo presidente hoje. o avô de George Bush, o falecido senador dos EUA Prescott Bush, era diretor e acionista de empresas que lucraram com o seu envolvimento com os apoiantes financeiros da Alemanha nazista. The Guardian obteve a confirmação de arquivos recém-descobertos no Arquivo Nacional dos EUA de que uma empresa, das quais Prescott Bush era diretor estava envolvido com os arquitetos financeiros do nazismo. seus negócios, que continuou até os ativos de sua empresa foram apreendidos em 1942 no âmbito do Trading with the Enemy, levou mais de 60 anos mais tarde a uma acção cível de indemnização a ser apresentado na Alemanha contra a família de Bush por dois trabalhadores escravos em Auschwitz e um zumbido de controv