Pular para o conteúdo principal

ATENÇÃO LEITORES DA REVISTA CONSPIRAÇÃO

Meu nome é Rodrigo Veronezi Garcia nasci em 16/08/1973, sou o proprietário deste blog e tenho que informar a vocês que alguém esta se fazendo passar pela minha pessoa e esta desviando de forma ilegal e criminosa  o dinheiro referente aos anúncios do google adsense que são postados diariamente nesta página, são mais de 4 mil anúncios correspondidos diariamente, também informo a vocês que alguém invadiu também de forma criminosa e ilegal o meu perfil no facebook e este criminoso inclusive imprimiu boletos bancários fazendo cobranças ilegais aos meus assinantes, por favor se alguém recebeu algum boleto me avise ou avise a policia especializada de sua cidade, eu tenho mais de 2 milhões de solicitações de anúncios correspondidas em minha página do google adsense e não estou recebendo nada desta empresa, alguém deve estar recebendo ilegalmente os meus direitos de editor conforme o contrato desta empresa, ontem há tarde estive no Banco Itaú e verifiquei que recebi um depósito de 214 reais do google adsense, mas dai eu pergunto onde eles depositaram o dinheiro referente as mais de 1700 páginas que contem cada uma delas 3 anúncios que são sempre correspondidos, eu tenho acessos semanais de mais de 130 países e tenho anúncios relacionados a cada um deles, o que se passa, eu já estive na Delegacia de crimes de internet aqui em Porto Alegre que fica no DEIC onde informei sobre esta situação e também estive no PROCON e até agora eles não tomaram nenhuma atitude, estou desempregado e cheio de dividas, não criei esta página para ganhar dinheiro, eu criei esta página para fazer vocês pensarem, eu não sou dono da verdade e também não tenho medo de especular sobre qualquer assunto, não tenho o rabo preso com ninguém e por isto posso falar com liberdade de pensamento e liberdade de expressão, eu exploro todas as teorias possíveis e faço especulações em cima das mesmas, associo as informações e os relatos que são coletados de livros, revistas, jornais etc... eu não postei anúncios com a intenção de ganhar dinheiro mas sim de satisfazer as necessidades do google e para que eles direcionassem o trafico para a minha pagina, mas também ninguém tem o direito de me roubar o desviar dinheiro da minha conta, eu só quero o que me pertence e vou correr atrás dos meus direitos, como já falei, eu não sou ninguém, sou um simples motorista desempregado e com dividas, eu criei esta o página para dividir as minhas leituras com todos vocês e agradeço os milhões de acessos que já recebi aqui e peço que continuem me visitando, um abraço a todos.

agora a tarde eu estive na Policia Federal aqui em Porto Alegre, se o Banco Itaú ou o google adsense emitiu algum pagamento para terceiros certamente é algum estelionatário e eles vão ter de me ressarcir com juros e correção monetária, eu sou o ÚNICO editor da Revista Conspiração e não trabalho com ninguém além de mim mesmo e a pesquisa é toda de minha autoria.


Rodrigo Veronezi Garcia 31/01/2013

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

OS MISTÉRIOS DO 11 DE SETEMBRO "PORQUE A VERSÃO OFICIAL NÃO PODE SER VERDADEIRA"

TODOS OS MISTÉRIOS FORAM DESVENDADOS NESTE DOCUMENTÁRIO RTP 2 - 11 de Setembro A Grande Farsa (Completo) NÃO FOI UMA AERONAVE QUE ATINGIU O PENTÁGONO ISTO JÁ ESTA PROVADO AUTOR QUE DENUNCIAVA 11/09 É ENCONTRADO MORTO AUTOR QUE DENUNCIAVA O 11 DE SETEMBRO COMO UM PLANO AMERICANO É ENCONTRADO MORTO JUNTO COM TODA FAMÍLIA Phillip Marshall, pesquisador, escritor e ex-piloto da CIA, foi encontrado morto em 2 de fevereiro de 2013, com sua esposa e filhos. Até mesmo o cão da família foi morto. As autoridades tratam a questão como suicídio, mas de acordo com aqueles que o conheciam Phillip, ele vivia com medo desde q...ue ele publicou seu livro "The Big Bamboozle: 9/11 e a Guerra ao Terror", em que culpa o governo dos Estados Unidos para os ataques. Phillip escreveu no livro que a administração Bush, com a cooperação de inteligência saudita, foi responsável pelos ataques terroristas de falsa bandeira 11 de setembro de 2001 às Torres Gêmeas. De ac

ARTUR BERLET E A REVELAÇÃO (UMA CIDADE COM 90 MILHÕES DE HABITANTES) NOSSO PLANETA O PRÓXIMO ALVO?

Aliás, todas as evidências indicam que existe mesmo uma certa raça malévola dos tripulantes de OVNI que tem um grande interesse em destruir a nossa civilização, muito possivelmente para se apoderar da Terra - um verdadeiro paraíso infelizmente tão desprezado e maltratado por nós mesmos! Nada, nada mesmo, impede que certas criaturas, tal como nos falam os relatos bíblicos sobre a "Tentação da Serpente", de tempos em tempos se aliem com algumas nações, fornecendo tecnologia e assim estimulando nos bastidores, e graças à nossa estupidez, o nosso próprio fim! Artur Belet, um brasileiro seqüestrado para exames por tripulantes de um OVNI no Estado do Rio Grande do Sul, ouviu de um deles precisamente isto: "Chegamos à conclusão que vocês não suportarão por durante muito tempo a curiosidade de ver o estrago que fazem todas as suas armas. E quando isso acontecer, não poderão escapar dessa devastação, porque com poucas bombas daquelas (nucleares) contaminarão tod

OS BARCOS AÉREOS DA TRIBO DROPA (também Dropas, Drok-pa ou Dzopa "Trabalho de Wegener"

Nas cavernas mais altas da região de Baiam-Kara-Ula vivem as tribos dropa e ham. Os homens dessas aldeias são de estatura pequena e constituição física muito particular. Sua altura oscila ao redor de 1,30 metro. Até hoje não foi possível relacioná-los a nenhum dos grupos étnicos terrestres e o trabalho dos cientistas é tanto mais complicado quando se sabe que há pouquíssimas referências a seu respeito no resto do mundo. Eis que, decifrando o texto de pedra, Tsum-Um-Nui e seus colegas descobriram claras alusões aos dropa e aos ham: "... Os dropa desceram do céu em seus barcos aéreos. E dez vezes do nascer ao pôr-do-sol homens, mulheres e crianças esconderam-se nas cavernas. Mas, por fim, compreenderam os sinais feitos pelos recém-chegados, que eram de paz. Outras inscrições da tribo ham revelam o desespero daqueles seres quando perderam sua última máquina voadora, que aparentemente se chocou contra alguma montanha inacessível, e sua tristeza ainda