Pular para o conteúdo principal

O LEGADO DE JUNG E OS UFOs

Pouca gente sabe, mas um dos maiores psiquiatras da história, Carl Gustav Jung, interessou-se – e muito – pela questão ufológica. Tanto que publicou em 1958, um livro que causou imensa polêmica na época: Um Mito Moderno sobre Coisas Vistas no Céu[Editora Vozes 1958]. Jung sabia que estaria se expondo ao manifestar-se sobre um tema ainda considerado tabu nos anos 50, mas ainda assim o fez. O psiquiatra mexeu em um vespeiro justamente quando raros membros da comunidade científica mundial se esquinavam de comentar o assunto.“Os casos de UFOs se parecem muito com visões coletivas, como a dos cruzados no cerco a Jerusalém, a dos lutadores de Mons na primeira Guerra Mundial, e das multidões de fiéis que acorreram a Fátima no inicio do século, e a das tropas de fronteira da Suíça na Segunda Guerra Mundial” “ Os UFOs são geralmente lenticulares oblongos ou em forma de charuto.com iluminação em cores variadas ou brilho metálico. Que seus movimentos tem um alcance desde a parada total até a velocidade de 15.000 km/h, e que, em certos casos, tal aceleração seria fatal ao ser humano, se estivesse dirigindo o aparelho” “ Os sinais no céu aparecem para que cada um os veja individualmente sobre sua alma e totalidade porque estas deveriam ser a resposta que o ocidente precisa dar ao perigo da massificação. “ Parece-me que, mesmo com todas as restrições necessárias, há uma terceira possibilidade para os UfOs: eles seriam fenômenos reais, materiais, naves de natureza desconhecida que muito provavelmente vêm dos espaço cósmico. Talvez já há muito tempo os habitantes da Terra os tivessem visto, mesmo que eles não apresentem ter qualquer relação com o planeta e seus habitantes. Pioneiros da ufologia são os ufólogos Ruppelt e Keychoe publicaram livros sobre o tema e pertenciam aos quadros da Força Aérea Norte Americana (USAF) . Ruppelt dirigiu o projeto Livro Azul, uma ação militar de investigação ufológica que depois usada pelo governo numa manobra de desinformação do assunto.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

OS MISTÉRIOS DO 11 DE SETEMBRO "PORQUE A VERSÃO OFICIAL NÃO PODE SER VERDADEIRA"

TODOS OS MISTÉRIOS FORAM DESVENDADOS NESTE DOCUMENTÁRIO RTP 2 - 11 de Setembro A Grande Farsa (Completo) NÃO FOI UMA AERONAVE QUE ATINGIU O PENTÁGONO ISTO JÁ ESTA PROVADO AUTOR QUE DENUNCIAVA 11/09 É ENCONTRADO MORTO AUTOR QUE DENUNCIAVA O 11 DE SETEMBRO COMO UM PLANO AMERICANO É ENCONTRADO MORTO JUNTO COM TODA FAMÍLIA Phillip Marshall, pesquisador, escritor e ex-piloto da CIA, foi encontrado morto em 2 de fevereiro de 2013, com sua esposa e filhos. Até mesmo o cão da família foi morto. As autoridades tratam a questão como suicídio, mas de acordo com aqueles que o conheciam Phillip, ele vivia com medo desde q...ue ele publicou seu livro "The Big Bamboozle: 9/11 e a Guerra ao Terror", em que culpa o governo dos Estados Unidos para os ataques. Phillip escreveu no livro que a administração Bush, com a cooperação de inteligência saudita, foi responsável pelos ataques terroristas de falsa bandeira 11 de setembro de 2001 às Torres Gêmeas. De ac

ARTUR BERLET E A REVELAÇÃO (UMA CIDADE COM 90 MILHÕES DE HABITANTES) NOSSO PLANETA O PRÓXIMO ALVO?

Aliás, todas as evidências indicam que existe mesmo uma certa raça malévola dos tripulantes de OVNI que tem um grande interesse em destruir a nossa civilização, muito possivelmente para se apoderar da Terra - um verdadeiro paraíso infelizmente tão desprezado e maltratado por nós mesmos! Nada, nada mesmo, impede que certas criaturas, tal como nos falam os relatos bíblicos sobre a "Tentação da Serpente", de tempos em tempos se aliem com algumas nações, fornecendo tecnologia e assim estimulando nos bastidores, e graças à nossa estupidez, o nosso próprio fim! Artur Belet, um brasileiro seqüestrado para exames por tripulantes de um OVNI no Estado do Rio Grande do Sul, ouviu de um deles precisamente isto: "Chegamos à conclusão que vocês não suportarão por durante muito tempo a curiosidade de ver o estrago que fazem todas as suas armas. E quando isso acontecer, não poderão escapar dessa devastação, porque com poucas bombas daquelas (nucleares) contaminarão tod

OS BARCOS AÉREOS DA TRIBO DROPA (também Dropas, Drok-pa ou Dzopa "Trabalho de Wegener"

Nas cavernas mais altas da região de Baiam-Kara-Ula vivem as tribos dropa e ham. Os homens dessas aldeias são de estatura pequena e constituição física muito particular. Sua altura oscila ao redor de 1,30 metro. Até hoje não foi possível relacioná-los a nenhum dos grupos étnicos terrestres e o trabalho dos cientistas é tanto mais complicado quando se sabe que há pouquíssimas referências a seu respeito no resto do mundo. Eis que, decifrando o texto de pedra, Tsum-Um-Nui e seus colegas descobriram claras alusões aos dropa e aos ham: "... Os dropa desceram do céu em seus barcos aéreos. E dez vezes do nascer ao pôr-do-sol homens, mulheres e crianças esconderam-se nas cavernas. Mas, por fim, compreenderam os sinais feitos pelos recém-chegados, que eram de paz. Outras inscrições da tribo ham revelam o desespero daqueles seres quando perderam sua última máquina voadora, que aparentemente se chocou contra alguma montanha inacessível, e sua tristeza ainda