Pular para o conteúdo principal

ATITUDES EXTRATERRESTRES


 Imagine que hoje em 2007, descobrirmos que há vida em Marte e que ele poderia ser comparada a nossa Idade Média .Assim ,os marcianos seriam extremamente primitivos em relação a nós, os terrestres .Como já temos tecnologia para visitar o planeta vermelho, qual deveria ser a nossa postura daqui em diante? O que faremos a respeito dos marcianos ? Invadiremos Marte e seqüestraremos seus habitantes ? Roubaremos suas riquezas ou faremos contato? Iniciaremos uma religião lá com o objetivo de ensina-los como devem se comportar ? Quanto tempo demorará para que organizações civis terrestres –ONGs-façam suas próprias naves e desembarquem no planeta ? Como impediremos ? Colocando o local sob quarentena cósmica? A NOSSA REALIDADE ESTÁ CONFORMADA DAQUILO QUE SOMOS CAPAZES DE SINTONIZAR .O cérebro humano é um simples detector de energia eletromagética e toda informação que chega até ele é obtida pelo sistema nervoso central , que a obtém de sensores bioelétricos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

OS MISTÉRIOS DO 11 DE SETEMBRO "PORQUE A VERSÃO OFICIAL NÃO PODE SER VERDADEIRA"

TODOS OS MISTÉRIOS FORAM DESVENDADOS NESTE DOCUMENTÁRIO RTP 2 - 11 de Setembro A Grande Farsa (Completo) NÃO FOI UMA AERONAVE QUE ATINGIU O PENTÁGONO ISTO JÁ ESTA PROVADO AUTOR QUE DENUNCIAVA 11/09 É ENCONTRADO MORTO AUTOR QUE DENUNCIAVA O 11 DE SETEMBRO COMO UM PLANO AMERICANO É ENCONTRADO MORTO JUNTO COM TODA FAMÍLIA Phillip Marshall, pesquisador, escritor e ex-piloto da CIA, foi encontrado morto em 2 de fevereiro de 2013, com sua esposa e filhos. Até mesmo o cão da família foi morto. As autoridades tratam a questão como suicídio, mas de acordo com aqueles que o conheciam Phillip, ele vivia com medo desde q...ue ele publicou seu livro "The Big Bamboozle: 9/11 e a Guerra ao Terror", em que culpa o governo dos Estados Unidos para os ataques. Phillip escreveu no livro que a administração Bush, com a cooperação de inteligência saudita, foi responsável pelos ataques terroristas de falsa bandeira 11 de setembro de 2001 às Torres Gêmeas. De ac

ARTUR BERLET E A REVELAÇÃO (UMA CIDADE COM 90 MILHÕES DE HABITANTES) NOSSO PLANETA O PRÓXIMO ALVO?

Aliás, todas as evidências indicam que existe mesmo uma certa raça malévola dos tripulantes de OVNI que tem um grande interesse em destruir a nossa civilização, muito possivelmente para se apoderar da Terra - um verdadeiro paraíso infelizmente tão desprezado e maltratado por nós mesmos! Nada, nada mesmo, impede que certas criaturas, tal como nos falam os relatos bíblicos sobre a "Tentação da Serpente", de tempos em tempos se aliem com algumas nações, fornecendo tecnologia e assim estimulando nos bastidores, e graças à nossa estupidez, o nosso próprio fim! Artur Belet, um brasileiro seqüestrado para exames por tripulantes de um OVNI no Estado do Rio Grande do Sul, ouviu de um deles precisamente isto: "Chegamos à conclusão que vocês não suportarão por durante muito tempo a curiosidade de ver o estrago que fazem todas as suas armas. E quando isso acontecer, não poderão escapar dessa devastação, porque com poucas bombas daquelas (nucleares) contaminarão tod

EXISTEM TRÊS TIPOS DE REBELDES NO MUNDO

O rebelde a natureza, o rebelde a ciência e o rebelde a verdade, eles eram figurados no inferno dos antigos pelas três cabeças de Cérbero. Eles são figurados na Bíblia por Coié, Dathan e Abiron. Na lenda maçonica, eles são designados por nomes que variam segundo as ritos. O primeiro que se chama ordinariamente Abiran ou assassino de Hiran, fere o grão-mestre com a régua. É a história do justo que se mata, em nome da lei, pelas paixões humanas. O Segundo, chamado Mephiboseth, do nome de um pretendente ridículo e enfermo à realeza de Davi, fere Hiram com a alavanca ou a esquadria. É assim que a alavanca popular ou a esquadria de uma louca igualdade toma-se o instrumento da tirania entre as mãos da multidão e atenta, mais infelizmente ainda do que a régua, à realeza da sabedoria e da virtude. O terceiro enfim acaba com Hiram com a machadinha, Como fazem os instintos brutais quando querem fazer a ordem em nome da violência e do medo, abafando a inteligência. O ramo de a